Make your own free website on Tripod.com
 
 
 

CUIDADOS DA ELETRÔNICA => Precauções com os componentes: Não é aconselhável abrir os componentes eletrônicos para ver "como são feitos": muitos contêm materiais tóxicos. Por exemplo, em alguns componentes (transistores, válvulas) para outras potências, são utilizados o óxido de berilo, cujo pó é venenoso se for respirado. Mesmo nos componentes mais comuns, como os LEDs e em diferentes circuitos integrados, o seu interior contém substâncias com as quais é recomendável evitar o contato.

 
O organismo humano e as descargas: Trabalhar com circuitos de baixa tensão (até 12V) não implica riscos, enquanto que os 220V da rede são realmente perigosos. O efeito de uma descarga depende da corrente que passa e da parte do corpo que é atravessada: o risco é elevado se a corrente atravessada perto do coração.
São muito perigosas as descargas recebidas pelas duas mãos ou entre a mão esquerda e a terra, especialmente quando se tem os pés molhados. Uma corrente de poucos mA (miliamperes) pode ser incômoda apenas, mas ema centena de mA podem causar uma fibrilação cardíaca. Obviamente que os circuitos sem proteção não devem ficar nunca sem vigilância, especialmente se existem crianças em casa.
 

Trabalhar com segurança: Com umas poucas instruções simples, minimiza-se o risco. A primeira regra é a de desligar antes de abrir um dispositivo eletrônico. Pode-se ligar de novo uma vez que esteja aberto. Podem ficar tensões perigosas (capacitores carregados) inclusive horas depois de terem sido desligados os aparelhos, não se deve nunca deixar de ter atenção. Por último, é melhor trabalhar numa bancada isolante (madeira, fórmica) nunca deve ser metálica, e com uma base de madeira ou carpete anti-estático sobre a cadeira. A chave de parafusos busca-polos => É uma ferramenta muito cômoda a chave de fenda busca-polos (ou chave-teste) que contém uma pequena lâmpada de néon. Quando se toca no circuito com extremo metálico e no final do fio do busca-polos se põe um dedo, a lâmpada acende-se na presença de alta tensão (acima de 100V). Não é uma medida de precisão, mas sim um controle prévio como, por exemplo, antes de tocar num fio, desligar a corrente. Permite também detectar derivações como carcassas metálicas que deveriam estar ligadas ao terra mas que não estão. A lâmpada não indica necessariamente que exista perigo: a corrente pode ser baixa para causar danos. De qualquer forma é uma aviso. Queimaduras e outros danos: Descargas à parte, na eletrônica podemos queimar-se facilmente: com o soldador, tocando em um dispositivo muito quente, ou causando um curto-circuito. Finalmente, se um componente se queima ou expele fumaça, é conveniente arejar o quarto para não se respirar vapores que podem ser tóxicos.

   

 
 
Copyright aprendendoeletronica.tripod.com.br 2004. Todos os direitos reservados.